Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK
iic_riodejaneiro

História da Arte Italiana

 

História da Arte Italiana

1384254 928372027190275 6349515414575307702 n

 

Unidades
Leblon – Av. San Martin 1226 (Ann Arbor)

Barra da Tijuca – Livraria da Travessa, Barra Shopping - Auditório

Calendário do curso
19/11 | 26/11 | 03/12 | 10/12

Horários
Leblon: Sábados das 10h00 às 13h00
Barra: Sábados das 14h30 às 17h30

Professor
Marcello Maria Perongini

Valor: R$ 400,00 (inclui material didático digital fornecido pelo professor)

Descontos: não aplicáveis para este curso

Aulas em língua portuguesa

Inscrições PRESENCIAIS apenas nas secretarias do IIC Rio de Janeiro:

Sede Centro: Av. Presidente Antonio Carlos, 40 / 4º andar - Rio de Janeiro / RJ

Tel: (+55 21) 3534.4300 / 4333 Email: corsi.iicrio@esteri.it

Sede Copacabana: Av. Nossa Senhora de Copacabana, 788 / 6º andar - Rio de Janeiro / RJ

Tel: (+55 21) 2255.5543 / 2548.7854 Email: copacabana.iicrio@esteri.it

Sede Barra da Tijuca: Freeway Center - Av. das Américas, 2000 loja 67 - Rio de Janeiro / RJ

Tel: (+55 21) 2439.3438 Email: barra.iicrio@esteri.it

Sede Niteroi: Av. Presidente Roosevelt, 1063 - São Francisco - Niteroi / RJ

Tel: (+55 21) 3617.0306 / 980.812.424 Email: niteroi.iicrio@esteri.it

Pagamento
à vista (cheque, dinheiro, cartão de débito e de crédito) ou parcelado em 2X no cartão de crédito.

Apresentação do curso

Artitalia | História da Arte Italiana volta ao seu público com um novo curso com um título inusitado e curioso: “Dal tramonto all’alba – Histórias de Maneira, Barroco e Creme Chantili”.

A história por trás deste título, de tom um tanto surreal e – à primeira vista – irreverente, é na realidade uma história seríssima e envolve reis, papas e imperadores, mas também idéias científicas e religiosas, música e poesia, e particularmente os artistas da Europa toda.

É uma história de maravilha, inovação, guerra, obras-primas e alguns suicídios.
Falaremos de Maneirismo e Barroco… mas o que isso tem a ver com o creme chantili?
Tem a ver! Por várias e surpreendentes razões:

A primeira é a criatividade, que durante séculos se imaginou enterrada debaixo do cúmulo de críticas (um tanto estéreis, diga-se de passagem) daqueles que quiseram enxergar no Barroco apenas o fim do Classicismo e do Renascimento.

A segunda é a técnica, que no Maneirismo alcançou níveis de perfeição que não se quis acreditar superáveis, salvo depois deparar-se com a arquitetura de Francesco Borromini, a escultura de Gian Lorenzo Bernini e o gênio pitórico de Michelangelo Merisi, o ‘Caravaggio’.

É fácil observar que, ao enfrentar o discurso deste ângulo, ele se complica subitamente, mas qual melhor pretexto para nos encontrarmos mais uma vez?


858