Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK
iic_riodejaneiro

Concerto Futurista: Luciano Chessa no Rio

Data:

22/03/2016


Concerto Futurista: Luciano Chessa no Rio

Luciano Chessa

Ano da Italia na America Latina

O maestro italiano Luciano Chessa apresenta, pela primeira vez no Brasil, a performance Luciano Chessa no Rio. Com características próprias que diferem de um concerto tradicional, mas que trazem um resultado surpreendente, o espetáculo tem apresentação única no Rio de Janeiro, dia 22 de março. Realizado em parceria com o Museu Nacional de Belas Artes, que recebe o espetáculo com entrada franca, o “concerto onírico futurista” integra a programação do Ano da Itália na América Latina, realizado pelo Istituto Italiano di Cultura do Rio de Janeiro. No país o evento conta com o apoio da Associazione Culturale Milano Art Affairs e do Circolo Culturale Sardo Grazia Deledda. Apresentada em vários países, a performance reúne uma série de composições, para piano e dan bau vietnamita, inspiradas na vanguarda do Movimento Futurista. Como reforço à inovação musical proposta pelo movimento, o programa inclui ainda a poesia sonora de Filippo Tommaso Marinetti, autor do Manifesto de Fundação do Futurismo (1909), e as artes plásticas de Fortunato Depero (1892-1960), um dos fundadores do movimento e precursor da Pop Art. Compositor, diretor, maestro e músico, em 2009, Chessa foi convidado pela Bienal de Arte Performática de Nova Iorque para organizar e reger a primeira orquestra de entonadores de ruídos futurista, a Orchestra of Futurist Noise Intoners (OFNI). Inspirada no pintor e compositor do Futurismo Luigi Russolo (1885-1947), inicialmente, a OFNI foi apresentada por Chessa em Nova Iorque e São Francisco. Mais tarde, os concertos passaram a ocorrem em outras cidades, como Miami e Berlim. Em 2014, durante um concerto dedicado ao Futurismo italiano em Nova Iorque, o artista apresentou a sua releitura musical do Manifesto de Fundação do Futurismo, que também trouxe vários dos poemas de Marinetti adaptados à música. Luciano Chessa Compositor, diretor, maestro e músico, ativo nos Estados Unidos, Europa, Ásia e América do Sul. Entre seus principais trabalhos estão a ópera A Heavently Act (2011), Petrolio (2015), Il Pedone dell'Aria (2006) e Recitativo, Aria e Coro della Vergine (2008). É autor do volume Luigi Russolo Futurist. Noise, Visual Arts and the Occult (University of California Press, 2012). Em 2009, organizou a Orchestra of Futurist Noise Intoners (OFNI), em Nova Iorque e em 2014, fez uma releitura musical do Manifesto de Fundação do Futurismo.

Informazioni

Data: Ter 22 Mar 2016

Ingresso : Libero


804