Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK
iic_riodejaneiro

Orquestra Sinfônica Brasileira - Série Ônix

Data:

21/10/2011


Orquestra Sinfônica Brasileira - Série Ônix

Alberto Veronesi e Nina Kotova

Momento Itália Brasil

Elogiada pela crítica internacional especializada e com 25 anos de carreira, a violoncelista russa Nina Kotova se apresenta pela primeira vez com a Orquestra Sinfônica Brasileira no dia 21 de outubro, às 20h, no Theatro Municipal, dentro da série Ônix. A estréia da instrumentista, definida como “fantasticamente talentosa e com uma poderosa presença de palco” pela Newsweek Magazine e como uma “cellista excepcional” pelo Daily Telegraph, será sob a regência do italiano Alberto Veronesi. O programa será apresentado também no dia 23 de outubro, na Sala São Paulo, na capital paulista, em concerto da série Safira. Nina começou a tocar violoncelo profissionalmente aos 11 anos de idade, quando fez seu primeiro concerto como solista. A estreia com uma orquestra de maior porte aconteceu em 1998, com a Sinfônica de Saint Louis. No ano seguinte, apresentou-se no Carnegie Hall, em Nova York. Desde então, atuou como solista com as filarmônicas Tcheca, da China, Hong Kong, Royal Philharmonic e Nacional da Rússia; as orquestras da Royal Opera House e da BBC; e as sinfônicas de Budapeste, Dallas, Gulbekian e Mozarteum de Salzburgo, entre outras. Kotova também é compositora e, em 2009, estreou o Concerto de Theofanidis com a Sinfônica de Dallas. Ela também dedica grande parte de seu tempo a estudantes de música, dando master classes em várias partes do mundo, além de já ter lecionado da Universidade do Texas, em Austin. Na apresentação com a OSB, Nina vai interpretar uma obra do compositor tcheco Dvorák, no qual é especialista, o “Concerto para Violoncelo”. O programa terá regência do Alberto Veronesi, que acaba de ser nomeado diretor musical da orquestra da Ópera de Nova York, com início de sua gestão na temporada 2011- 2012. Recentemente o maestro assumiu também a direção artística da Filarmônica do Teatro Municipal de Bologna. Veronesi já atuou como regente convidado em Nova York, Berlim, Bruxelas, Tóquio, Atenas, Tel Aviv, dentre outras, além de óperas no Maio Musical, Ópera Alemã e La Monnaie. Nascido em Milão, o regente estudou no Conservatório Giuseppe Verdi, e já nesta época, fundou a Orquestra Guido Cantelli, que dirigiu até 2000. Em 2009, a Deutsche Grammophon lançou seu álbum com árias e duetos de Puccini raramente apresentadas, cantadas por Placido Domingo e Violetta Urmana com a Filarmônica de Viena. No ano passado foram lançados três novas gravações: Fedora de Giordano com Gheorghiu e Domingo, Os Médici de Leoncavallo com Domingo, e Os Palhaços de Leoncavallo com Gheorghiu e Alagna. O concerto da série Ônix terá ainda a execução de “Melodien”, escrita em 1971 pelo húngaro Ligeti, um dos mais conhecidos compositores da música clássica no século XX, e “Danças de Galanta”, de Kodály. Encomendada pela Filarmônica de Budapeste em seu aniversário de 80 anos, a obra foi inspirada em uma publicação sobre danças ciganas típicas da região de Galanta, na Eslováquia. PROGRAMAÇÃO: Ligeti - Melodien (13') Kodály - Danças de Galanta (15') Intervalo Dvorák - Concerto para Violoncelo (40') BILHETERIA: Tel.: 2332-9005 / 2332-9191 - Prédio anexo - Rua Almirante Barroso, 14/16 Vendas na bilheteria do teatro e pelo site Ingresso.com (www.ingresso.com.br) ou pelo telefone 4003-2330. Acesso para cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção na entrada lateral do Theatro na Avenida Rio Branco. Descontos: 50% para terceira idade, estudantes, portadores de necessidades especiais e menores de 21 anos.

Informazioni

Data: Sex 21 Out 2011

Ingresso : Libero


593