Questo sito usa cookie per fornirti un'esperienza migliore. Proseguendo la navigazione accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra OK
iic_riodejaneiro

Festival do Rio 2011 - Presença Italiana

Data:

06/10/2011


Festival do Rio 2011 - Presença Italiana

Momento Italia Brasil

Em paralelo à inauguração da grande resenha Momento Itália Brasil, prevista para o dia 15 de outubro diante do Teatro Municipal, a direção do Festival do Rio, agora na sua quinta edição, decidiu fazer uma homenagem especial à Itália e a sua cinematografia. O Festival, o maior da America Latina, sempre se distinguiu pela atenção dedicada a produção de filmes italianos contemporâneos, com a bem sucedida criação da seção Presença Italiana, que este ano se apresenta especialmente rica e articulada. Ao lado de uma retrospectiva dedicada a Dario Argento, indiscutível mestre do horror, realizada com o Centro Cultural Banco do Brasil, a direção do Festival, com plena autonomia, escolheu filmes representativos da nossa complexa e estimulante realidade, capazes de chamar a atenção do publico carioca. A gratidão do Istituto Italiano di Cultura vai a toda a equipe do Festival e em especial a Ilda Santiago. PROGRAMAÇÃO (Horários e Lugares)*Amore Carne de Pippo DelbonoO cineasta e ator Pippo Delbone viaja com sua câmera ao redor do mundo registrando sua vida e as de seus amigos, como a atriz Irène Jacob e a artista Sophie Calle. Cada um se expressa de uma forma: pelas palavras, pela música ou pelos gestos. A câmera pode estar escondida ou à mostra. Momentos de tensão, como aqueles que precedem o terremoto de Áquila, na Itália, se juntam a imagens captadas em Bucareste, Paris e Istambul, em um passeio em busca de conexões escondidas na aparente aleatoriedade do mundo. Festival de Veneza 2011.*Corpo Celeste de Alice RohrwacherMarta é uma adolescente de 13 anos que retorna ao sul da Itália depois de passar dez anos na Suíça. Com dificuldades para se adaptar à nova vida, ela passa horas observando o que está a seu redor. Ao mesmo tempo, enquanto se prepara para sua crisma, questiona a moralidade da comunidade católica local. A partir de acontecimentos importantes para ela, como a primeira menstruação e a decisão de cortar o próprio cabelo, Marta começa a tomar controle da sua vida pela primeira vez desde que chegou à Itália. Selecionado para a Semana dos Realizadores do Festival de Cannes 2011.*Gianni e le Donne de Gianni Di GregorioRecém aposentado, Gianni vive com a esposa e a filha em um pequeno apartamento em Roma. Ele ocupa seus dias com tarefas corriqueiras, como pagar as contas, passear com o cachorro da vizinha, fazer compras e cuidar da casa. Enquanto isso, Valeria, sua mãe, gasta as economias do filho em jogos de pôquer e champagne caro. Um dia, ao ouvir seu velho amigo Alfonso contar suas aventuras sexuais, Gianni decide que ainda há tempo de conquistar uma nova namorada. Mas ele descobre que o sucesso com as mulheres não vem tão fácil quanto imaginava. Seleção oficial do Festival de Berlim 2011.*Il Console Italiano de Antonio FaldutoGiovanna é a cônsul italiana na África do Sul. Após anos de trabalho, seu contrato terminará em breve. Um dia, uma mulher aparece em seu escritório pedindo ajuda para localizar seu companheiro, um homem italiano que está desaparecido. As coisas se revelam mais complicadas, quando Giovanna descobre que este mesmo homem é um antigo amante seu, que ela abandonou ao ir morar na Cidade do Cabo. Em conflito com seus sentimentos, ela mergulhará numa investigação que, paralelamente, a levará a se deparar com um grave problema no país: o tráfico de mulheres africanas para a Europa.*Il Gioiellino de Andrea MolaioliA empresa La Leda é uma gigante do ramo de laticínios na Itália, em processo de expansão para outros continentes e com ações em alta na bolsa de valores. Amanzio Rastelli, fundador da empresa, delega a seu filho Matteo e a sua sobrinha Laura importantes cargos de liderança, apesar da inexperiência de ambos no mercado econômico. Em meio a dívidas, políticagens e caixa dois, a administração da La Leda entra num caos interno que parece só poder resultar em fracasso. Inspirado no escândalo que levou a Parmalat italiana à falência, em 2003.*Italy: Love it, or Leave it de Gustav Hofer e Luca RagazziGustav e Luca vêm percebendo, nos últimos anos, que muitos de seus amigos estão saindo do país e indo morar em outras cidades. Emigrando para cidades como Berlim, Londres e Barcelona, esses jovens estão desiludidos com problemas como a falta de segurança e o alto custo de vida. Gustav quer seguir o mesmo caminho de seus amigos, enquanto Luca acredita que ainda existem razões o suficiente para ficar. Frente ao impasse, eles decidem viajar pelo país durante seis meses à procura de pessoas e histórias que representem a Itália de hoje, para então decidirem seu próprio futuro.*Le Quattro Volte de Michelangelo FrammartinoUm velho pastor vive com suas cabras numa pequena cidade entre as montanhas, na região da Calábria no sul da Itália. O lugar parece ter sido deserdado por todos. Doente, ele bebe diariamente uma mistura de água com o pó que recolhe na igreja. E um cabrito nasce, dando seus primeiros passos, e cresce até conseguir acompanhar o rebanho. Perto dali, uma árvore balança e vai se transformando de acordo com as estações. Assim, os ciclos da vida e da natureza se conectam através do tempo. Vencedor do prêmio Label Europa Cinemas na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2010.*Quando la Notte de Cristina Comencini *Sette Opere di Misericordia de Gianluca e Massimiliano de SerioLuminita é uma jovem romena que vive como imigrante ilegal na Itália, à margem da sociedade, e que lança mão de práticas ilícitas para garantir seu ganha-pão. A moça rouba pacientes de um hospital e sobrevive com alimentos furtados. Mas ela tem um plano ambicioso para conseguir o que quer: raptar uma criança e exigir como resgate documentos que a permitam trabalhar no país. Um dia, ela conhece Antonio, um velho ríspido e doente em quem vê uma presa fácil. Ela invade sua casa para usá-la como refúgio durante o sequestro. Mas uma platônica relação de companhia começa a aflorar. Festival de Locarno, 2011.*Silvio Forever de Roberto Faenz e Filippo Macelloni Silvio Berlusconi é um dos homens mais poderosos da Itália. Primeiro-ministro e dono de um conglomerado de mídia, é a figura central na política recente de seu país, um homem em torno de quem tudo gira. Através de imagens de arquivo e narrações retiradas textualmente de entrevistas e discursos, o filme constrói uma autobiografia não-autorizada de Berlusconi. Partindo de seu nascimento em meio ao regime fascista, passando por sua controversa ascenção como empresário, e chegando aos dias de hoje, em que ele se vê envolvido em escândalos políticos e pessoais, o filme faz um contundente retrato do estadista italiano.*Terraferma de Emanuele CrialseA família Pucillo é uma das mais tradicionais da ilha de Linosa, no sul da região da Sicília. O pescador Ernesto conta com a ajuda de seu neto Filippo para manter os costumes da família, mas os tempos estão mudando. O cenário paradisíaco atrai visitantes e Nino, um dos filhos de Ernesto, desiste da pescaria para investir no turismo. Giulietta, mãe de Filippo, quer que eles também abram negócios em terra firme, alugando quartos e passeios de barco. Mas a vida da família muda quando Ernesto decide abrigar refugiados que vieram da África. Prêmio especial do júri no Festival de Veneza 2011.*This Must be the Place de Paolo SorrentinoCheyenne é um ex-astro de rock. Aos 50 anos, ainda se veste como gótico e vive da renda dos direitos de suas músicas, em Dublin, na Irlanda. A morte de seu pai, com quem não falava há muitos anos, o leva de volta à Nova York. Lá, ele descobre que o pai tinha uma obsessão: encontrar e se vingar de um oficial nazista pelas humilhações sofridas num campo de concentração, durante a 2ª Guerra. Cheyenne decide continuar a busca e inicia uma viagem através dos Estados Unidos, na tentativa de encontrar o carrasco de seu pai. Selecionado para a competição do Festival de Cannes 2011. *This is My Land... Hebron de Giulia Amati e Stephen NatansonHebron, localizada 30 quilômetros ao sul de Jerusalém, é uma cidade sagrada para judeus, cristãos e muçulmanos. Depois da Guerra dos Seis Dias, em 1967, foi fundado em Hebron um dos primeiros assentamentos israelenses na Cisjordânia. Extrêmamente agressivos os colonos não perdem uma única chance para agredir os seus vizinho palestinos, um ódio que é transmitido dos pais pelos filhos que se valem da proteção do exército israelense para apredrejar e ofender mulheres e crianças. Assim uma cidade de mercados abertos e vida na rua vai se transformando num campo de concentração.*La Sorgente delle Donne de Radu Mihaileanu *A Woman de Giada ColagrandeA jovem Julie conhece um homem misterioso, que descobre ser o famoso romancista americano Max Oliver. Ele tem vivido perturbado pela recente morte de sua esposa, a dançarina de tango Lucia Giordano. Julie resgata Max de seu luto e se apaixona por ele. Ela aceita seu convite para morar na Itália, apesar do constante medo de estar à sombra da falecida esposa. Em sua nova casa, a insegurança de Julie se transforma em paranoia e obsessão com o fantasma de Lucia. Apenas Max poderá ajudá-la a exorcizar seus demônios.

Informazioni

Data: Qui 6 Out 2011

Ingresso : Libero


588